Trama

    Compartilhe
    avatar
    Anakin

    Mensagens : 71
    Data de inscrição : 07/09/2018

    Trama

    Mensagem por Anakin em Qua 12 Set - 7:40

    Prelúdio

    No ano de 1945, a humanidade testemunhava um dos piores eventos da sua história. Eles acreditavam que o sentimento revanchista da Alemanha nazista, em uma tentativa de reconquistar os territórios perdidos ainda na Primeira Guerra, fosse o princípio de todo horror e sofrimento que a Europa se encontrava. Todavia, por trás das cortinas vermelhas, pelo sangue dos milhões mortos, existira a influência e onipotência de uma divindade, controlando as mentes dos líderes nazistas, como meras peças de um xadrez. Ares, a matança personificada e o deus da guerra, era quem havia arquitetado tudo; iniciando um colapso político, após o assassinato do arquiduque da Áustria, em 1914. Embora tivesse levado o conflito por muitos anos, ele não estava plenamente satisfeitos, pois, existia uma pessoa no seu caminho: Athena. Ela protegia os Aliados, impedindo-o de entrar na mente de seus líderes e criar uma infinita guerra, que culminaria na extinção dos mortais.

    Athena enviava seus fiéis cavaleiros para as frentes de batalha, abrindo caminho para os exércitos dos Aliados, e garantindo várias vitórias sobre o Eixo. Após a queda dos alemães e italianos; Ares viu-se obrigado a confrontá-la, o que evitava desde o início de tudo, pois, sempre se manteve oculto e imperceptível, incluindo para os deuses que apenas assistiam do Olimpo. Também seria a primeira vez que seus guerreiros seriam convocados para lutar nesta guerra. Eles eram conhecidos como Bersekers, seres extremamente sádicos e destrutivos. Divididos em quatro exércitos: fogo, chama, desastre e terror. Foram todos enviados para as terras nipônicas, por ser o último lugar de resistência do Eixo. Ares não desejava um desfecho patético como rendição e, consequentemente, ser derrotado por sua irmã, portanto, coagia os japoneses a ignorarem os termos impostos pelos aliados.

    Os guerreiros de Athena eram encabeçados pelos cavaleiros de ouro, que lutavam em diferentes pontos, considerados estratégicos para os exércitos dos Bersekers. Enquanto os deuses batalhavam sozinhos nos arredores do Monte Fuji. Todavia, a deusa sentiria uma sensação terrível, como se o pior fosse acontecer no instante em que confrontava seu irmão. Ela tinha razão, pois, Ares havia recebido ajuda de dois deuses, interessados em enfraquecer Athena e, portanto, coagiram os aliados a jogaram bombas sobre as cidades em que o exército de ambos estivessem lutando. Hiroshima e Nagasaki foram postas como os principais alvos, que receberiam bombas nucleares. Elas eram campos de batalha que havia reunido os cavaleiros de ouro, os mais fortes das fileiras do exército do santuário. As bombas caíram por todo o Japão e, simultaneamente, sem dar qualquer possibilidade da deusa salvar qualquer pessoa.

    Ares assistiu a cena juntamente de sua irmã, pois, não sabia que aquilo iria acontecer, mas, ao vê-la soltando seu escudo e de joelhos junto com o báculo enquanto chorava, ele viu como uma oportunidade de sair vitorioso naquela batalha, e avançou com sua arma em punho. Contudo, fora interrompido logo na sequência, com uma flecha que atravessaria sua Kamui como um simples traje. Era o cavaleiro de sagitário, com seu arco em punhos, e sua armadura brilhando com o espírito de todos os cavaleiros reunidos. Ele havia sobrevivido, pois, tinha sido encarregado de proteger as pessoas nas proximidades da batalha dos deuses, portanto, não sendo afetado pela explosão das bombas.

    O cavaleiro imediatamente gritou para Athena, juntamente as vozes de todos os outros cavaleiros se uniram; despertando a deusa. Ares estava incrédulo que uma flecha havia penetrado seu peito, e completamente indefeso, olhou diretamente para a deusa, que novamente estava em pé e desferindo uma rajada de cosmo contra ele. O ataque acabou sendo fulminante, o suficiente para Ares ser derrotado. Athena se apoiava no báculo e recebia ajuda de seu cavaleiro. Ela ainda estava desolada, enquanto a Kamui de Ares estava completamente despedaçada e seu corpo sumindo como um espírito.

    Passaram-se alguns meses até a assinatura da rendição dos japoneses, dando um fim para aquela terrível guerra. Contudo, as consequências ainda eram dolorosas, e o impacto no povo nipônico era maior. A Europa sofria com divisões em seus países, criadas pelos norte-americanos e os soviéticos, que se despontavam como as principais potências mundiais. Enquanto no interior de uma floresta da Alemanha, dois gêmeos comemoravam com uma jovem que os servia, pareciam estar ansiosos... Para o retorno de seu imperador.

    Início

    O ano é 1962. Athena está segurando seu báculo, diante da estátua semelhante a sua imagem; enquanto ao seu lado, está o antigo cavaleiro de ouro de sagitário, atualmente o mestre do santuário. Ambos aguardando pelo momento em que os novos inimigos surgirão.

      Data/hora atual: Ter 20 Nov - 14:49